Este é um projeto que nasceu em maio de 2011, em vistas da necessidade urgente do desenvolvimento de ações que ajudem às pessoas envolvidas na exploração sexual, vitimizadas pela violência (físicas, sexuais e psicológicas), expostas a drogas entre outras situações.

Propomos-nos a fazer com excelência e muito amor a assistência das famílias que virão até nós, sabemos que é necessária dedicação e esforço para que elas se sintam verdadeiramente amadas, aceitas e valorizadas pelo que realmente são no Senhor.
90% das profissionais do sexo que atendemos no projeto são vitimizadas de abuso sexual na infância e adolescência dentro da própria casa, o que trouxe o envolvimento com a prostituição e também a dependência química. Temos sido sensibilizados a olhar com mais atenção aos filhos deste meio e possibilitarmos ambiente mais seguros. Crianças e adolescentes que nascem sem uma estrutura familiar que possam garantir um futuro preferível.

Dentro do nosso programa, vieram crianças que tinham histórico de abuso, e através de acompanhamento, palestras motivacionais, cursos de capacitação entre outras atividades que temos desenvolvido com a família, isso tem proporcionado uma reaproximação afetiva entre mães e filhos.
A violência que atinge essas pessoas, massacram sua espontaneidade criadora (autonomia) para verem novos horizontes. Neste ciclo, seus filhos, sobrevivem uma desproteção emocional, desenvolvendo defesas como tornar aceitável e normal o que está destinado a eles, estratégia esta de sobrevivência contra uma variedade de agressões.
A Auto-estima elevada ou não, acontece sempre em decorrência de nossa participação na sociedade na qual espelhamos. Este projeto visa ser uma referencia relacional em que o individuo vivencie relações sinceras e amorosas.

A violência sexual é uma grave violação dos direitos humanos que impede a criança e o adolescente de experimentar um futuro seguro e produtivo. (CF/1988 e ECA/1990). Neste sentido, nossa proposta visa à implementação de ações que ampliem nossa capacidade de contribuir para a “PROMOÇÃO E UNIVERSALIZAÇÃO DE DIREITOS EM UM CONTEXTO DE DESIGUALDADES”, bem como para a “PROTEÇÃO E DEFESA NO ENFRENTAMENTO DAS VIOLAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES”, em conformidade com os eixos de ação apresentados e aprovados na Plenária do CMDCA em 2009.

Por tanto nos comprometemos a fazer o que está sendo apresentado aqui como forma de ação social e missão integral, que a igreja tem como dever de cumprir a ordem do Senhor Jesus “amar ao próximo como a si mesmo”.

MISSÃO

“Promover qualidade de vida às famílias envolvidas em comercio e exploração sexual, através de ações sócio-educativas com o objetivo de apresentar uma NOVA vida, baseados nos princípios ético-cristãos.”

OBJETIVO GERAL

Ampliar as possibilidades de mundo e relações, para famílias dentro desse contexto afim de que ganhe uma auto-estima elevada e autonomia de vida de forma saudável.